Fabiana Baroni Makdissi

Perguntas frequentes

Perda da mama (mastectomia) e perda dos cabelos

E se eu precisar retirar as mamas?

Mesmo com todo avanço da medicina, a retirada total da mama ainda pode ser necessária. Lidar com a retirada das mamas é algo extremamente complexo para a mulher. As mamas têm inúmeros significados: sexualidade, maternidade, sensualidade, feminilidade. Todos estes aspectos são comprometidos quando se fala em retirar as mamas.

A cirurgia plástica reparadora pode ser de grande valor para amenizar a dor da perda. A reconstrução, principalmente quando imediata pode trazer conforto e diminuição da sensação de mutilação. Caso a reconstrução não seja possível, lojas especializadas em artigos médicos oferecem próteses externas (que são usadas no soutien) que cumprem muito bem o papel de diminuir a sensação de perda e oferecem a possibilidade de re-inclusão social para a paciente. Veja links em sites interessantes.

Os cabelos sempre caem com a quimioterapia?

A maioria das medicações quimioterápicas usada para o tratamento do câncer de mama atua sobre as células que se reproduzem com mais rapidez, e as do bulbo capilar são exemplos disso. Algumas, entretanto não deixam cair os fios, mas cada caso tem uma droga que se aplica com maior eficácia, e se a sua for a que cai o cabelo, lembre-se, os fios voltarão a crescer com o fim do tratamento.

E se eu ficar careca? Como lidar com a perda dos cabelos?

Primeira coisa: após o tratamento os cabelos voltarão a crescer. Mas durante o tratamento há várias formas de diminuir a sensação da perda. As perucas e os lenços (coloridos ou mais discretos) são os preferidos por aquelas pacientes que desejam uma resolução rápida. Mas não são todas as mulheres que se interessam pelo seu uso. Cada mulher deve identificar o que melhor se adequará às suas necessidades.